CONVITE

Atividade de Boas-Vindas aos estudantes acontece no próximo dia 22, no Centro Comunitário Athos Bulcão, e contará com apresentação da Orquestra Marafreboi

Pesquisadora sobre desigualdades de gênero, Flávia Biroli estará à frente da aula inaugural do semestre. Arte: Francisco George Lopes/Secom UnB

 

Mulheres, desigualdades de gênero e desafios para a democracia no Brasil é tema do #InspiraUnB, que ocorre na próxima quarta-feira (22), às 16h. A professora Flávia Biroli, do Instituto de Ciência Política (Ipol), é convidada da atividade, que visa discutir a problemática e as desproporções nas políticas para mulheres. Após três edições de forma remota, devido à pandemia, a tradicional aula inaugural do semestre volta a ser realizada presencialmente, no Centro Comunitário Athos Bulcão do campus Darcy Ribeiro, e toda a comunidade acadêmica é convidada a participar. A palestra será transmitida virtualmente pelo canal da UnBTVno YouTube.

 

Pesquisadora na temática, Flávia Biroli ressalta a importância de pautar este debate: “As desigualdades de gênero são reveladoras de opressões e violências, muitas vezes normalizadas. É necessário reconhecer que não são um problema 'das mulheres', mas da sociedade e da política”. Para a docente, é importante ter uma compreensão mais global de como mulheres e meninas são posicionadas na sociedade e, para isso, é necessário pensar no acesso à educação, à renda e aos espaços políticos, além da vulnerabilidade a violências e, no campo político, aos ataques à agenda de gênero.

 

“Também é fundamental tomar como referência as mais vulneráveis, já que as desigualdades de gênero se definem conjuntamente com as econômicas, raciais, com a sexualidade, a inserção nos espaços urbanos ou rurais, entre as clivagens mais relevantes”, ressalta a pesquisadora.

 

Para Flávia Biroli, o #InspiraUnB é o momento que celebra a reocupação da Universidade pela comunidade acadêmica como um todo: “O retorno aos campi é muito especial para toda a comunidade. O aprendizado na UnB tem relação direta com esse espaço tão vivo de convivência, vibrante e diverso”.

 

Flávia Biroli é mestra e doutora em História pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), além de pesquisadora do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Foi presidente da Associação Brasileira de Ciência Política (ABCP) de 2018 a 2020, e do grupo de especialistas que preparou os relatórios da Commission on the Status of Women (CSW) – Comissão sobre o Status das Mulheres, em tradução livre –, iniciativa da Organização das Nações Unidas (ONU) para promoção da equidade de gênero, em 2019 e 2020.

 

É autora de dezenas de artigos em periódicos internacionais e nacionais, e, atualmente, estuda a agenda da igualdade de gênero no Brasil e na América Latina, além de pesquisar sobre a participação feminina na política brasileira, com ênfase na violência política de gênero.

 

Sobre o #InspiraUnB, a reitora Márcia Abrahão ressalta que o momento de integração contribui para despertar a curiosidade dos estudantes sobre as diversas oportunidades oferecidas durante a trajetória universitária. “O #InspiraUnB é um convite para todos e todas estudantes entenderem melhor a vida acadêmica. É uma oportunidade de recebê-los, de promover encontros e de inseri-los na ampla e diversa comunidade da Universidade de Brasília.”

 

O vice-reitor Enrique Huelva lembra que, desde a retomada aos campi, este é o primeiro evento presencial que vai envolver toda a comunidade acadêmica. “Podemos fazer este encontro em segurança graças ao conhecimento que é produzido pelas instituições de ensino e pesquisa. Não podemos esquecer disso. Convido todas e todos a estarem com suas máscaras e de coração aberto para a nossa UnB, que neste ano comemora seis décadas”, incentiva.

A Marafreboi é uma orquestra de ritmos brasileiros fundada em 2008, originária de Brasília. Foto: Divulgação

 

Para quem quiser conferir a palestra, haverá ônibus disponível para deslocamento até o Centro Comunitário passando pelas paradas dos pavilhões do campus Darcy Ribeiro, ICC e Reitoria. A realização desta edição do #InspiraUnB tem apoio da RCA Multiserviços e do Cebraspe.


ORQUESTRA – A recepção aos estudantes contará também com a apresentação da Orquestra Popular Marafreboi. Com regência do maestro Fabiano Medeiros da Costa, o grupo realiza um trabalho autoral que combina uma variedade de estilos musicais do Norte e Nordeste, como maracatu, frevo, xote e bumba meu boi. Para as Boas-Vindas aos estudantes, a intenção do grupo é levantar a bandeira da cultura, para que as pessoas se identifiquem com essa música.

 

Segundo Fabiano, são ritmos que representam mais que uma região, mas o país inteiro. “Com essa representação sonora do maracatu, ciranda, xote, baião, cavalo-marinho, queremos ver todo mundo dançando junto.”

 

A orquestra é brasiliense e tem como missão representar e respeitar a diversidade cultural do país, ao manter viva a cultura popular por meio da pesquisa, reinvenção e difusão de seu legado. Faz uso, principalmente, de instrumentos de sopro, figurinos, adereços e danças que remetem à cultura do Norte e Nordeste.

À disposição de todos os calouros, o guia Graduação UnB – manual para estudantes será liberado em formato digital e físico. Foto: Mozaniel Silva/Secom UnB

 

“Nós iremos fazer uma apresentação especial para os estudantes, que é uma leitura da música brasileira. Temos expectativas de que a nossa arte chegue até os corações e de que todos participem com muita alegria”, finaliza o maestro Fabiano Medeiros.

 

GUIA – Durante a atividade de Boas-Vindas, será lançado o guia Graduação UnB – manual para estudantes. Elaborado pelo Decanato de Ensino de Graduação (DEG), o manual reúne as principais informações que os discentes necessitam saber desde o momento da aprovação na Universidade até a conclusão do curso.

 

Inspirado na temática de caminhos, o guia possui design lúdico, com ilustrações que convidam o estudante a fazer um percurso pelas páginas a partir de um mapa. O aluno poderá encontrar explicações sobre o fluxo e a coordenação de curso; componentes obrigatórios, eletivos e optativos; o Índice de Rendimento Acadêmico (IRA); estágios; monitorias; tutorias; e até mesmo sobre onde conseguir apoio psicológico e socioeconômico.

 

Ao final, foram disponibilizadas algumas páginas para organização e planejamento acadêmico do discente, onde ele poderá preencher, por exemplo, informações pessoais, grade horária, e controle de faltas e de leituras. O material será disponibilizado em versão física – cuja retirada poderá ser feita durante o evento, em estande do Decanato – e digital – esta poderá ser conferida no sitedo DEG.

 

Confira apresentação da Orquestra Marafreboi no Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros:

 

 

Leia também:

>> Inscrições para Certificação HE começam nesta quarta (15)

>> Projeto da Enfermagem leva informações sobre a covid-19 a crianças de escola no Itapoã

>> Precursoras da Lei de Cotas, universidades federais reforçam importância das ações afirmativas no ensino 

>> UnB mantém atualizado ambiente virtual para atividades presenciais

>> SBPC retoma reunião presencial com centenas de atividades

>> Boas-vindas da Faculdade UnB Ceilândia celebra o retorno ao presencial

>> UnB é a quinta melhor universidade federal, segundo avaliação internacional

>> ICC abre espaço para atividades físicas e culturais de recepção a estudante

>> CAD aprova criação do Comitê de Governança Digital

>> Universidade cria manual para orientar serviços de segurança nos campi

>> UnB 60 anos: Da redemocratização à criação de um ambiente inspirador

>> UnB destina R$ 8 milhões para a pós-graduação

>> Estudantes voltam aos campi para aulas presenciais

>> Guias ajudam a garantir a segurança da comunidade no retorno presencial

>> Saiba como comunicar suspeitas e casos de covid-19 à Universidade

>> Funcionalidade do app Guardiões da Saúde facilita o monitoramento de casos de covid-19 na UnB

>> UnB divulga guia de recomendações para prevenção e controle da covid-19

>> DPI lança portfólio e painéis com dados sobre infraestrutura de pesquisa e inovação da UnB

>> Coes publica cartilha com orientações em caso de contágio pelo novo coronavírus

>> UnB cria fundo para doações de combate à covid-19

ATENÇÃO – As informações, as fotos e os textos podem ser usados e reproduzidos, integral ou parcialmente, desde que a fonte seja devidamente citada e que não haja alteração de sentido em seus conteúdos. Crédito para textos: nome do repórter/Secom UnB ou Secom UnB. Crédito para fotos: nome do fotógrafo/Secom UnB.